Notícias

Startup criada no CIn-UFPE é única brasileira a ser finalista no hackathon internacional CeloCam

O objetivo do desafio é estimular a criação de aplicativos de criptomoeda 

22 de Abril de 2020 às 14:36:01

A startup Lovecrypto, composta por alunos do Centro de Informática (CIn) da UFPE, avançou para a fase final do hackathon online CeloCam. A competição, que recebeu 250 projetos de todo o mundo, premiará os 18 finalistas, incluindo a Lovecrypto, com mentoria exclusiva de investidores do Vale do Silício como Paypal, a16z, Winklevoss e Polychain. Além disso, os finalistas estão concorrendo à premiação total de USD$ 21.000 em prêmios. A startup criada no CIn foi a única equipe brasileira a garantir uma colocação na etapa final do desafio, cujo objetivo é o incentivo e estímulo à criação de aplicativos de criptomoeda. 


A Lovecrypto é uma empresa focada em marketplace de micro-trabalho e tem o objetivo de propiciar o ganho de criptomoedas aos que se disponham a realizar pequenas tarefas em seus smartphones. De acordo com o CEO da startup e mestrando em Ciências da Computação no CIn, Edmilson Rodrigues, a Lovecrypto tem a missão de “criar um mundo de prosperidade compartilhada através das criptomoedas e da tecnologia do Blockchain”. Também fazem parte da startup os graduandos em Ciência da Computação do CIn, Lucas Zacarias, Chef Designer e Allsa da Cruz, CTO.


Almejando o aumento da atual equipe, a startup irá lançar em breve o produto desenvolvido em versão Beta e para isso, está recrutando testadores para participar da iniciativa. Interessados em se candidatar devem preencher o formulário disponibilizado para participar da fase de testes do aplicativo oficial, que se encontra disponível na loja virtual do Google.