Eventos

Eventos

Defesa de Tese de Doutorado - Nº 496: Uma Linguagem Visual para Diagramar Consultas SQL

11 de março de 2020 às 10:19:32

Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Tese de Doutorado Nº 496

Aluno: Edson Alves da Silva
Orientador: Prof. Robson do Nascimento Fidalgo
Título: Uma Linguagem Visual para Diagramar Consultas SQL
Data: 13/03/2020
Hora/Local: 9h – Centro de Informática - Anfiteatro
Banca Examinadora:
Profa. Ana Carolina Brandão Salgado (UFPE / Centro de Informática)
Prof. Vinicius Cardoso Garcia (UFPE / Centro de Informática)
Prof. Sergio Lifschitz (PUC-Rio / Departamento de Informática)
Prof. Claudio de Souza Baptista (UFCG / Centro de Engenharia Elétrica e  Informática, Sistemas e Computação)
Prof. Altigran Soares da Silva (UFAM / Instituto de Computação)

 


RESUMO:

Contexto: A linguagem Structured Query Language (SQL) é amplamente usada 
para acessar bancos de dados relacionais e não relacionais. Nos bancos de 
dados relacionais, SQL é a forma padrão de acesso. Nos bancos de dados não 
relacionais, SQL está se tornando cada vez mais disponível e se 
consolidando como uma interface de acesso para consultar dados em ambientes 
de cluster (e.g., Spark e Spanner). Apesar de sua sintaxe declarativa, a 
especificação de consultas SQL não é uma tarefa trivial (mesmo para 
especialistas), porque algumas consultas exigem construções complexas 
(i.e., subconsultas, junções, operações de conjunto, expressões 
condicionais, restrições de agrupamento e recursões). Motivação: As 
linguagens visuais de consulta (Visual Query Language - VQL) são uma 
alternativa que visam reduzir essa complexidade. No entanto, embora várias 
VQL tenham sido propostas, uma revisão do estado da arte verificou que 
essas VQL não são amplamente utilizados na prática, pois não abrangem 
várias construções complexas e não possuem ferramentas Computer Aided 
Software Engineering (CASE) disponíveis para seus usuários finais, 
comprometendo sua expressividade e disponibilidade. Objetivo: Visando 
superar essas limitações, o objetivo desta tese é especificar a sintaxe 
concreta (i.e., notação gráfica) e a sintaxe abstrata (i.e., metamodelo) de 
uma VQL denominada Diagrammatic Structured Query Language (DSQL), que 
considere, ao mesmo tempo, todas as construções complexas acima e seja tão 
compreensível e eficiente quanto SQL sem aumento do esforço. Materiais e 
Método: O desenvolvimento desta tese inicia com uma revisão sistemática da 
literatura, a qual visa entender porque as VQL não são amplamente 
utilizadas na prática. Além disso, o paradigma Model-Driven Development 
(MDD) é usado como arcabouço teórico e tecnológico para a especificação de 
DSQL. Por fim, para avaliar a expressividade de DSQL é realizado um 
experimento para comparar a precisão, o tempo e o esforço para compreender 
consultas complexas usando DSQL e SQL.  Resultados: Como resultados têm-se: 
1) a revisão sistemática sobre o estado da arte de VQL para SQL; 2) a 
especificação da sintaxe concreta e da sintaxe abstrata de DSQL; e 3) os 
resultados do experimento, os quais indicam que não há diferença 
significativa entre as duas linguagens, mas DSQL é um pouco mais rápida de 
compreender do que SQL. Conclusão: A avaliação dá indícios de que DSQL tem 
potencial para ser tão compreensível e eficiente quanto SQL sem aumento do 
esforço e que DSQL avança o estado da arte das VQL, pois mitiga as 
limitações das propostas relacionadas. Portanto, DSQL pode ser uma 
alternativa para usuários que preferem trabalhar com uma notação visual em 
vez de sintaxe textual.

Palavras-chave: SQL. Consulta Complexa. Linguagem Visual de Consulta.